WhatsApp Image 2020-10-15 at 15.48.15

Visitantes poderão calcular o custo de um sistema de energia solar para seu imóvel.

As pessoas que tem curiosidade ou interesse em instalar um sistema de energia solar fotovoltaica em sua residência, comércio ou propriedade rural, terão a oportunidade de saber detalhes de como adquirir, no Espaço Energia Solar, que vai funcionar de 16 a 18 de outubro, na Expo Roraima 2020.

 

Conforme Cristiano Bessa, Engenheiro Eletricista, os cálculos para saber como instalar, o quanto custa e os benefícios que o sistema traz, são calculados de acordo com o consumo de energia da pessoa, e levam em consideração a localização do imóvel e estrutura, como direção e inclinação do telhado da residência, entre outros.

 

“Para saber como fazer, a pessoa deve procurar uma das empresas do Espaço Energia Solar, que são especializadas nesse tipo de instalação. O cálculo é feito por um técnico, que a partir de uma fatura recente, com dados de consumo de mais ou menos um ano, poderá estipular a média de consumo. Na sequência, os dados são integrados para que a partir daí seja feito um projeto”, pontuou Bessa.

 

Ele explica ainda que o projeto serve para verificar quantas placas serão necessárias no imóvel, o que dá para ser feito, e o quanto compensa, pois tudo pode variar de acordo com as possibilidades da pessoa.   “Dentro do orçamento são verificados ainda o tempo de retorno do investimento, e a durabilidade dos materiais utilizados no sistema”, disse o engenheiro.

 

Linhas de financiamento

 

Entre os parceiros do Fórum, estão os bancos que possuem linhas de crédito para financiamento de sistema de energia, como o Banco do Brasil e o Banco da Amazônia.

Os projetos de sistemas de geração de energia elétrica fotovoltaica que atendam às necessidades são feitos pelas empresas especializadas. E após a conclusão do projeto o interessado pode formalizar a proposta de financiamento em uma agência bancária que, por sua vez, vai verificar se o cliente está apto ao crédito pleiteado.

 

Lembrando que os valores são pagos diretamente para as empresas responsáveis pelo projeto, fornecimento e execução dos serviços, desde o início da instalação dos equipamentos, até a finalização, após a vistoria pela concessionária de energia.

Por: Neuzelir Moreira

Compartilhar