eac21a15-43d2-43a6-b52c-e0b12998917e

Fórum elabora planejamento estratégico para os próximos cinco anos

Com o objetivo de orientar as atividades que serão desenvolvidas nos próximos cinco anos, e que buscam soluções para o desenvolvimento energético sustentável, o Fórum de Energias Renováveis concluiu, em novembro, o Planejamento Estratégico 2020/2025 da entidade.

O documento define missão, valores e visão de futuro do Fórum, alinhando as ações a macro estratégias e objetivos. O trabalho, realizado em onze encontros virtuais, contou com a participação de diversos integrantes do Fórum e teve como principal parceiro o Sebrae Roraima, com apoio a essa iniciativa no âmbito do Projeto Brasil Central de Energias Renováveis, desenvolvido desde 2018 em várias regiões do país.

A instituição viabilizou a contratação da empresa Atuallis Consultoria e Projetos que conduziu todo o processo metodológico de discussão, em ambiente virtual, e consolidou o documento final.

A assessora de Planejamento e Gestão do Fórum, Rosilene Maia, explicou que as discussões partiram das experiências vividas no primeiro ano de existência do Fórum, considerando o cenário energético local, nacional e mundial, na perspectiva de identificar os desafios e criar condições que favoreçam a superação.

“O exercício de mergulhar no ambiente interno do Fórum, reconhecendo suas forças e fraquezas, frente às ameaças e oportunidades acerca da sustentabilidade energética foi, sem sombra de dúvidas, fator crucial para a formulação de tudo o que o Fórum poderá desenvolver ao longo desse período de cinco anos”, disse Rosilene.

Para que as informações cheguem à população, o Fórum desenvolve ações como debates, audiências públicas, oferta de cursos, seminários, videoconferências, exposições e vitrines tecnológicas. Ações que vão divulgar os benefícios da energia renovável e de uma matriz diversificada, por meio de veículos de comunicação e plataformas digitais.

“Todo esse planejamento vai contribuir com a sociedade, pois quanto melhor estruturada a gestão e ações do Fórum, melhores serão os resultados. Hoje faltam entidades na área energética que busquem representar o povo, e principalmente, que busquem um diálogo entre os diversos atores políticos para incentivar as energias renováveis”, destacou Ygor Logullo, especialista em Pesquisa Operacional.

Ainda conforme Ygor, por ser pioneiro na área, o Fórum deve manter a qualidade administrativa e melhorar cada vez mais os processos de gestão, cumprindo assim um papel cada vez mais significativo em Roraima.

Com um ano de existência, o Fórum alcançou reconhecimento e legitimação social, tornando-se referência regional na defesa das energias renováveis e sustentáveis. Conforme explica o engenheiro eletricista Cristiano Bessa, a principal finalidade do Fórum é representar a sociedade na formulação de proposições e soluções para o desenvolvimento energético sustentável, acolhendo as mais diversas linhas de pensamentos.

“Para que isso ocorra, foi estabelecido um modelo de gestão, que vai servir para consolidar as propostas e metas. Entre elas, está a implantação de programas, ações junto ao governo, campanhas de sensibilização com informações educativas, assim como, consultas públicas que instiguem a participação da sociedade”, pontuou.

Por Comunicação Fórum.

Compartilhar